Os tucanos vão dominar o mundo

Fui almoçar na 5a feira, morta de fome que estava. Pelo menor gasto de energia, fui no Baixo Gávea, mesmo… Na volta pro JB, que surpresa!!

No meio do caminho tem um tucano

No meio do caminho tem um tucano

Um par de tucanos, provavelmente um casal, no meio do caminho, em pleno BG, as voltas com uma carcaça de filhote de pombo. As crianças do colégio público, estasiadas com a situação, me contam o que aconteceu:

“_Tinha um gavião, que pegou o pombo, o tucano veio, de galera, e tomou o pombo. Agora o gavião tá lá no alto, com fome… E o tucano é do mal!!”

Realmente, tinha um gavião-carijó, bastante indignado, pousado no alto, longe demais para uma foto com celular. E ele apenas olhava, meio de lado, a tarefa dos tucanos.

Tucano de bico preto (Ramphastos vitellinos) predando filhote de pombo

Tucano-de-bico-preto (Ramphastos vitellinus) predando filhote de pombo

Tucanos comem de tudo, a proteína animal é parte importante da dieta. E um pombo como aquele é proteína a beça para um tucano em época de reprodução…

E lá estavam eles, atarefados, no meio da praça mais boêmia da Gávea, tentando se resolver com sua caça oportunística. O gavião teria levado a presa para o alto, com suas garras afiadas e rasgado o couro com seu bico curto e poderoso. Mas os tucanos, apesar de terem dado um pau no gavião, não estão assim tão bem equipados para destrinchar a caça.

Tucano de bico preto (Ramphastos vitellinos) muito pesado prá levar junto.

Tucano-de-bico-preto (Ramphastos vitellinus) e o pombo: muito pesado prá levar junto.

Os bicos compridos não tem muito poder de torquês, sendo mais úteis para buscar coisas em buracos, frutinhas no cacho ou ovinhos nos ninhos, e as garras não são lá muito afiadas. Mas os 2 enfrentavam estoicamente a multidão de curiosos que se formava tentando resolver o problema da predação.

Tucanos-de-bico-preto são comuns novamente no Rio de Janeiro, mas estiveram praticamente extintos até sua reintrodução na década de 1970. São aves de distribuição ampla, com subespécies tanto em Mata Atlântica quanto Amazônica. Formam casais estáveis, andando muitas vezes em grupos de vários indivíduos, gostando das copas e estratos médios das árvores. Podem descer ao chão para se alimentar, se valer a pena. Nessa época de primavera podem ser ouvidos por todo o JB, formando ninhos em ocos de árvores, onde colocam de 2 a 4 ovos, em média.

As pessoas se juntam, curiosas, para ver os tucanos em plena praça Santos Drummond, na Gávea

As pessoas se juntam, curiosas, para ver os tucanos em plena praça Santos Drummond, na Gávea

São engraçados de observar comendo frutos, pois usam as caudas longas para contrabalançar o peso dos bicos compridos, atirando o alimento para o alto e recuperando-o no ar, para engolir. Além das frutas, consomem uma variedade de insetos e invertebrados, além de pequenos vertebrados, ovos e filhotes.

Entre os recém chegados a estória se alterava… A maioria das pessoas começou a inferir: “O gavião roubou o filhote do tucano, agora eles não estão vendo que o filhote está morto e querem levá-lo de volta…”

Tucano de bico preto (Ramphastos vitellinos) predando filhote de pombo

Tucano-de-bico-preto (Ramphastos vitellinus) predando filhote de pombo

É uma necessidade nossa determinar a luta do bem contra o mau. E um tucano colorido parece um herói muito mais provável que um gavião casmurro… Mas não era o caso, e na natureza as estórias não são pontilhadas de heróis. Somos todos apenas sobreviventes, tentando chegar ao fim do dia com um saldo positivo.

Os tucanos viraram atração. O Gavião teve que ir se virar em alguma outra caça. Quem se deu mal mesmo foi o pombo. Mas esse, em termos sociais, possui populações muito mais numerosas que tucanos e gaviões juntos (além de ser uma espécie exótica invasora, que não faz parte da fauna natural brasileira, foi trazida pelo homem)… A enormidade da população de pombos os torna presa provável, mas protege seus indivíduos, em um equilíbrio populacional que vemos em todas as relações de presa x predador.

Tucano de bico preto (Ramphastos vitellinos) predando filhote de pombo. A praça não precisava estar tão suja...

Tucano-de-bico-preto (Ramphastos vitellinus) predando filhote de pombo.
A praça não precisava estar tão suja…

E algumas pessoas aprenderam, surpresas, que o belo tucano, tão carioca, tão boa praça, é um grande oportunista, corajoso, caçador e malandro, mas que algumas vezes temos que lidar com o público prá poder comer um bom almoço.

Anúncios
Esse post foi publicado em Notícias e Infos e marcado , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Os tucanos vão dominar o mundo

  1. Já acordei com um casal, na janela do meu quarto, em um pé de frutífera, se deliciando com os frutos junto com vários passáros, como um sanhaço…quando o sanhaço deu mole, o tucano o abocanhou e mandou a cabeça pra dentro, de uma vez só!

  2. Muito interessante o relato!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s