Grato Foco – Uma aula de fotografia no olhar do João Quental

Turma da Fana na Aula do João Quental. Muito, MUITO BOM!

Turma da Fana na Aula do João Quental.
Muito, MUITO BOM!

Dando continuidade ao treinamento dos voluntários, tivemos o prazer e a honra de receber o professor João Quental – Perfil para um curso relâmpago, e super esclarecedor, de fotografia básica e de natureza.

Fotografo de natureza é uma gente estranha. São pessoas com uma percepção alterada do mundo. Alterada pra melhor. Temos a sorte de contar com parceiros fotógrafos que são essenciais ao nosso trabalho e tenho um orgulho imenso de publicar fotos de alguns amigos de talento excepcional e olhar afinadamente personalizado. Nem vou citar os nomes, seria injusto…

Andorinha-serradora (Stelgidopteryx ruficolis). Lago Frei Leandro

Andorinha-serradora (Stelgidopteryx ruficolis).
Lago Frei Leandro

Os voluntários do Fauna são, em geral, alunos de Ciências Biológicas e outros cursos ligados à natureza, como Medicina Veterinária, Ciências Ambientais, essas coisas… E são todos ligados ao campo (a gente fala campo quando quer dizer “entrar no mato, procurar bicho, ficar lá, dentrão da floresta, fazendo o que a gente ama fazer, que é ver a natureza in loco”)…

 

 

Libélula.

Libélula.

Daí a ENORME importância da fotografia: É a melhor maneira de registrar o que estamos vendo. De produzir material para podermos falar para TODAS as pessoas sobre a importância, a beleza, os detalhes, as incríveis descobertas, as fantásticas experiências que a natureza encerra.

Sagui (Callithrix sp.)descansando em um tronco de árvore e admirando a beleza do Jardim Botânico (ou pensando “para onde eu vou daqui a pouco caçar mais comida”).

Sagui (Callithrix sp.)descansando em um tronco de árvore e admirando a beleza do Jardim Botânico (ou pensando “para onde eu vou daqui a pouco caçar mais comida”).

A melhor maneira de tocar as outras pessoas sem tirar ninguém do conforto, (tem quem ache que o nosso “campo” é sinônimo de mosquito e cobra…) de registrar nossas observações, de produzir material para ajudar os estudos e pesquisas que vamos passar a vida fazendo.

Enfim, a fotografia é uma ferramenta para o pesquisador.

Mas, mais que ferramenta, pela guia do excelente e gentil João, é arte, luz, delicadeza e poesia. É bom humor, dias compridos e cheios de aventuras, é uma forma de vida que o cara ensina assim, de coração aberto.

Andorinha-serradora (Stelgidopteryx ruficolis).

Andorinha-serradora (Stelgidopteryx ruficolis).

Tivemos uma tarde dedicada à teoria. Nada elaboradíssimo, nada de fórmulas mágicas, nada de milhares de siglas e detalhes dos detalhes. Equilíbrio, luz, enquadramento. Lente, diafragma, mais luz e velocidade. Assim: equilíbrio. Descobrir fazendo.

E aí, pra fazer a aparte prática, foi uma tarde inteira atras das lentes. No paradisíaco JB, nossos valentes da fauna tiveram a oportunidade de passear pelo arboreto caçando imagens, tutoreados pelo Mestre João Quental, sorridente e disponível.

Que oportunidade.

Mais do João: Roberto D’Avila: João Quental comenta sua paixão por fotografar pássaros,

palestra da AFNATURA, por João Quental,

perfil João Quental um dos maiores fotógrafos de aves do pais,

Wikiaves, Instagram, Flicr

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

E todos agradecem a aula, nas palavras dos valentes da fauna:

Lavadeira-mascarada (Fulvicola nengeta)  Na Restinga do JBRJ

Lavadeira-mascarada (Fulvicola nengeta)
Na Restinga do JBRJ

“Aprender algo novo é sempre gratificante, mas aprender algo, que além de fazer parte do nosso trabalho, nos permite ver as coisas por outro ângulo, por uma nova “lente” é fantástico. Fotografar é uma arte cheia de detalhes e tecnicas, fazer o curso é poder entender, realmente, o trabalho que é feito, e não somente apertar um botão, foi uma grande oportunidade de aprender e absorver um pouco do conhecimento de um dos melhores fotógrafos de natureza.” Marina Bordin.

Foto 2: Garça passeando no lago da restinga com suas penas de ‘algodão’.

Garça passeando no lago da restinga com suas penas de ‘algodão’.

“A fotografia e o biólogo andam lado a lado, precisamos dos registros, para que o trabalho fique objetivo e autentico. Então por que não aprender a fotografar? Para todo biólogo, aprender a fotografar seu objeto de pesquisa é uma grande oportunidade de mostrar a importância do seu trabalho. O curso de fotografia foi muito bom para que nós, em nosso processo de formação, possamos aprender a aperfeiçoar uma passagem, um animal, planta e etc. Como fazer a foto com a ajuda de instrumentos e focar no objetivo: o que você quer passar quem vai ver sua foto. Apesar de minhas fotos não ficarem perfeitas (ainda), aprendi muito no curso e sei que com o tempo e treino vou melhorar as técnicas passadas pelo professor. O curso foi ótimo para conhecer melhor a maquina com que trabalho. Obrigada ao grupo fauna por ter me dado à oportunidade de aprender mais uma ferramenta que vai me auxiliar no meu futuro profissional.”  – Jehnnifer Mendonça

 saguis no grooming

saguis no grooming

“O minicurso de fotografia do Quental gerou muito aprendizado pra todos. O João possui uma didática que consegue ensinar de forma clara tanto os iniciantes (como eu) quanto o pessoal mais experiente. Eu adorei ter vivenciado as dificuldades de se fotografar a fauna em campo, ao lado de um dos melhores fotógrafos de natureza que conheço! Acredito que todos tenham sentido o mesmo e tenham aproveitado bastante! Eu adorei a experiencia e agradeço ao João e ao profauna pela oportunidade :)” – Mariana Vergueiro.

Lavadeira-mascarada (Fulvicola nengeta) no Lago Frei Leandro

Lavadeira-mascarada (Fulvicola nengeta) no Lago Frei Leandro

“A aula de fotografia da natureza com o João Quental foi muito esclarecedora para mim que, sendo leigo no que se refere à fotografia, pude aprender como utilizar melhor um recurso que tenho à mão e que é imprescindível no trabalho do biólogo. Nós percebemos, através do curso, os nossos erros mais comuns em nossas fotos e como evitá-los ou corrigi-los, pequenos ajustes e detalhes que passam despercebidos por muitos e que no final fazem uma grande diferença no resultado.” – Vitor Garcia.

Anúncios
Esse post foi publicado em Equipe, Eventos, Eventos de parceiros e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Grato Foco – Uma aula de fotografia no olhar do João Quental

  1. Joao disse:

    Que legal o post! Fiquei mais do que honrado ao ler, bacana demais os depoimentos e o texto! Valeu!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s