O XVI Congresso Brasileiro de Primatologia

IMG_7247E aí que fomos todos ao Congresso de Primatologia. Bom, todos não, porque somos muitos, mas fomos vários: Eu (Gabi), a Mariana Vergueiro, a Catarina Souza, a Jehnnifer Mendonça, a Carla Bunn e a Marina Zaluar. A Cris Rangel recebeu uma parte na casa dela e ainda encontramos a Juliana Monteiro, e a Fernanda Paixão, o Leo Oliveira, o Kadu Verona e a Denise Monnerat (que ótima companhia!). Isso, para citar só quem é mais de perto. Estava lotado de gente boníssima, de medalhões e medalhinhas, de gente que é referência e que é promessa… Foi um congresso e tanto! Uma lufada reanimadora.

IMG_7186

Cris e o Sauim-de-coleira, mascote do congresso e primata mais ameaçado da Amazônia

O XVI Congresso Brasileiro de Primatologia, de 09 a 13 de novembro de 2015, ocorreu em Manaus. Um calor que nunca imaginei possível. Mas tinha Araras-Canindé e Araras-Macao sobrevoando o campus da UFAM, que é localizada em um enorme fragmento de mata… Gente, AMAZÔNIA!! 670 hectares! É o maior fragmento florestal urbano do Brasil dedicado à uma instituição de ensino superior. E a universidade é isolada, bem construída e equipada.

E foi a 1ª vez ever que o congresso forneceu os primatas! Kkkkkk Um importante e enorme fragmento como esse, abriga centenas de espécies de animais, entre eles o primata criticamente ameaçado de extinção Saguinus bicolor (sauim-de-coleira), espécie-símbolo da cidade e do Congresso nessa edição. E eis que, tanto o sauim como o parauacu (Pithecia chrysocephala) vieram prestigiar o evento, aparecendo para os Congressistas nas matinhas entre um auditório e outro.

Este slideshow necessita de JavaScript.


Vejam a sequência de palestras apresentadas: Na palestra de abertura: Global Primate Conservation, with special reference to Brazil. Com ninguém menos que Dr. Russel Mittermeier (vice-presidente executivo da Conservation International). No dia seguinte, PALESTRA MAGNA: Taxonomia e conservação de primatas neotropicais, com Dr. Anthony B. Rylands (ConservatioÁrea de convivência da UFAN, posteres, secretaria do congresso e informações.n International). Na 4ª foi: Mico-leão-de-cara-dourada: o ameaçado que virou ameaça com a Dra. Maria Cecília Kierulff, na 5ª: Predicting Primate Population Change com Dr. Colin Chapman (McGill University) e 6ª: O homem no vermelho não protege o verde: 30 anos do Projeto de Conservação dos Micos Leões Pretos, com Dr. Claudio Pádua (Ipê – Instituto de Pesquisas Ecológicas). Como encerramento, teve o Panorama histórico da primatologia na Amazônia brasileira palestrada pelo homenageado Dr. José de Souza e Silva Jr. (Cazuza).

IIMG_7280.jpgsso sem contar as mesas redondas e as apresentações orais, preenchendo nossos dias com muita informação! E teve a apresentação de painéis. Ótimos! Programação de excelência!

Das mesas redondas, a minha favorita, claro, foi a de 4ª feira, onde tivemos a presença da Cris Rangel (a nossa Cris), do Kadu Verona (do nosso projeto de primatas, entre outros tantos projetos), do Leo Oliveira (Primatólogo de 1ª!!, sou fã!), da Silvia Bahadian Moreira (Centro de Primatologia do Rio de Janeiro), entre os mais chegados, e os ótimos Daniel Gomes Pereira, Nathalia Detogne, Romari Martinez e Silvio Marchini. Teve assunto (sério, importante, delicado e urgente) pra muita ação… foi pouco o tempo pra tanta coisa. Espero, mesmo, que em breve possamos passar às ações de conservação, pensando no que foi discutido ali…

Mas o momento ímpar era sempre o coffee break… Suco de Taperebá, x-caboclinho, tapioca, muitas guloseimas regionais… muito bom! E momento de circular e interagir com essas pessoas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Participar de congresso é sempre bom, dá perspectiva, novos horizontes e parâmetros, fortalece ideias adormecidas e cria novas. Mas esse congresso foi, realmente, delicioso. Primeiro porque estava lindamente organizado, com o dedo caprichoso da Cris Rangel em todos os detalhes (vou puxar a sardinha pra ela, que é minha amiga, mas sei que teve muita gente boa em uma equipe ótima). Segundo, pelo congresso em si, que teve participações especialíssimas. Depois, pela companhia, que foi 10. E, finalmente pelos trabalhos que nós levamos: 4 pôsteres e 1 apresentação oral. #OrgulhoDaEquipe #ValentesDaFauna

Agora é trabalhar pelo próximo, em 2017, contando os dias para chegar logo!

Ah! e muito obrigada, Cris e João, pela deliciosa estada no cafofo (lindolindo) de vocês!

Anúncios
Esse post foi publicado em Congressos, Eventos e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s