Cada Macaco no Seu Galho

Esse post foi realizado com a ajuda da estagiária Mariana Vergueiro e fala sobre o trabalho (muito interessante, aliás) de conclusão de curso dela.

Dezembro 2015 - Confretenização da Fauna

Dezembro 2015 – Confretenização da Fauna

O Núcleo de Conservação da Fauna possui uma ótima equipe (obrigada, Mari!), composta por estudantes de biologia, veterinária e áreas afins. O trabalho dos alunos é indispensável para o bom funcionamento do projeto, pois eles executam diversas tarefas diárias que são parte da rotina, como a ceva de primatas, alimentação dos animais internados, fazer a limpeza dos recintos, etc. Além disso, cada estagiário realiza ou participa de uma pesquisa no Núcleo. Dessa forma, os alunos não só ganham experiência acadêmica, mas contribuem para o enriquecimento do nosso acervo científico.

saguis-P1140025Os estudos realizados pelos estudantes tem temas que variam desde parasitismo em fezes até etologia (estudo do comportamento). E claro, sempre sobre bicho! A pesquisa da Mari, porém, possui um foco mais social, mas não foge à regra do ProFauna: é com bichos! O trabalho já está em andamento e é para o trabalho de conclusão de curso da estagiária Mariana Vergueiro, graduanda – quase formada – em Ciências Ambientais pela UNIRIO, e trata de percepção social e ecologia urbana.

Mr. Big. O macaco prego

Mr. Big. O macaco prego

A ideia foi toda da Mari, e nós fomos dando pitacos para ajustar. Ela propõe, a partir de entrevistas na comunidade, avaliar o nível de conhecimento e percepção da população do Horto (que fica entre o JB e o Parque Nacional da Tijuca) em relação aos primatas que ali habitam ( macaco-prego, sagui e mico-de-cheiro). Ela acredita que seus resultados apontarão o contato frequente da comunidade com os macacos, além de avaliar informação sobre o conceito de exóticos e nativos.

SaimiriO objetivo do trabalho é mostrar a importância da população local na tomada de decisão, sugerindo o aumento da influência da participação pública sobre práticas conservacionistas.

Além das entrevistas nas casas do Horto, Mariana também iniciou um questionário online  para observar o nível de entendimento da população do Rio a respeito do tema. O questionário e a entrevista são bastante parecidos e, ao final da coleta, a aluna fará uma comparação entre o perfil da população que mora em contato direto com a mata e os macacos e o restante da cidade.

QUESTIONÁRIO SOBRE PRIMATAS EXÓTICOS E NATIVOS - Google Chrome 02032016 155928.jpgVocê pode e deve fazer parte dessa estimativa! Sua contribuição é de muita ajuda para o meio ambiente! Quer ajudar? Responda ao questionário online e compartilhe essa pesquisa!

Anúncios
Esse post foi publicado em Notícias e Infos e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s