Feliz dia da vida selvagem pra todos nós!

logo-WWD_en_nb_304x140.pngEm comemoração ao dia da vida selvagem, o Núcleo de Fauna organizou entre os estagiários e voluntários um mini-concurso de fotos sobre o tema.

As categorias são: câmera e celular

A premiação será por um júri e pela opinião popular, sendo 1º lugares pelo júri, por categoria e 1º pelo voto em cada categoria. Vote na sua favorita! São válidos os votos até às 23:59 do dia 12-03.

32720631326_7245dd2f4f_o.jpgNo dia 03 de março de 1973 foi criada a Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies de Fauna e Flora Selvagens Ameaçadas de Extinção – CITES, que regula o comércio de espécies da fauna e flora, prevenindo-as do perigo de extinção, quando a ameaça for o comércio internacional (Veja mais no site do IBAMA   e no site do CITES ). Por isso, desde 2013, esse dia ficou conhecido como o Dia Internacional da Vida Selvagem

Primeiro: o que é um animal selvagem?  Selvagens são animais que não são domesticados, que reagem a nossa presença de forma antagônica, fugindo ou atacando. São selvagens todos os animais não domésticos, vivendo em qualquer bioma ou região do planeta, sejam mares, mangues, florestas, montanhas, cavernas, desertos e mesmo nos ambientes urbanos, independentes de nós.

São imprescindíveis para a existência da vida, assim como a conhecemos, com incalculável valor ecológico, genético, cultural e intrínseco.

O Brasil, que é uma terra megadiversa, tem 2 hotspots, e isso não é pouca coisa. O Rio de Janeiro está dentro de um hotspot, a Mata atlântica, que já perdeu mais de 87% de sua cobertura desde 1500 (Segundo a Fundação SOS Mata Atlântica), com a exploração de madeira, colonização, agricultura, pecuária e urbanização. E a fauna selvagem sofre. Reclamamos que os animais entram em nossas casas, mas dificilmente consideramos que somos nós a invadir a casa deles com nossa expansão imobiliária, plantações e criação de gado. A nossa qualidade de vida, de alimentação, da água que consumimos, tudo isso depende de um equilíbrio frágil entre a vida selvagem e o meio.

Esse ano dia internacional da Vida Selvagem encoraja as pessoas (jovens, especialmente) a discutirem formas de enfrentar as principais ameaças à vida selvagem, entre elas as mudanças nos habitats, exploração excessiva e o tráfico ilegal. O tema da celebração é “Ouça as vozes jovens”.

 

Levando em consideração que quase um quarto da população mundial tem entre 10 e 24 anos, é muito importante a educação e informação dos jovens sobre a proteção dos animais selvagens ameaçados. Afinal, são esses os herdeiros do planeta e são eles que tomarão as decisões para sua conservação, em breve, e devem ter consciência do seu poder. Essa é uma forma de buscar soluções em conjunto, mudando a forma como percebemos o mundo e a vida selvagem, criado maneiras de conservar e de diminuir a pressão sobre o ambiente e o risco de extinção de espécies.

 

A nossa ação, diária e constante, em curto, médio e longo prazo, de forma local e global, é a única e poderosa arma que pode fazer a diferença entre a sobrevivência ou o desaparecimento das espécies que dividem conosco o planeta. Em último caso, é o que pode assegurar a nossa sobrevivência na teia da vida.

#DoOneThingToday,

#youth4wildlife,

#YoungVoices,

#WorldWildlifeDay,

#EndWildlifeTrafficking

Anúncios
Esse post foi publicado em Eventos, Outros eventos e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s